Full width home advertisement

Saúde

Biologia

Medicina

Post Page Advertisement [Top]

curiosidades

Sopro no Coração Pode Matar?

"O sopro no coração, na maioria das vezes, não é grave e não causa grandes riscos à saúde, mesmo quando descoberto na infância, sendo que a pessoa pode viver e crescer sem qualquer problema"

Entretanto, em casos mais raros, o sopro também pode ser causado por doenças que alteram de forma grave o funcionamento dos músculos ou das valvas do coração. Nestes caso, geralmente, surgem sintomas como:

  1. Falta de ar;
  2. Boca ou dedos roxos;
  3. Palpitações,
  4. Inchaço no corpo.

A gravidade e a possibilidade de causar risco de vida depende da sua causa e por isso, deve-se consultar o cardiologista para fazer exames como Raio-X de tórax, Eletrocardiograma e Ecocardiograma, por exemplo, para identificar se o sopro está acontecendo por alguma doença.

Nestes casos, o tratamento é feito de acordo com a causa, e inclui o uso de remédios ou, em alguns casos, de um procedimento cirúrgico para corrigir o defeito no coração. Entretanto, na maioria das vezes, o sopro cardíaco é imperceptível, e apenas é detectado na consulta com o clínico geral ou cardiologista.

Que doenças podem causar sopro

As principais causas de sopro no coração são benignas ou funcionais, ou seja, sem a presença de doença, ou causado por condições que alteram a velocidade do fluxo de sangue, como febre, anemia ou hipertireoidismo. Já as doenças cardíacas que podem causar sopro, incluem:

  • Comunicação entre as câmaras do coração: na maioria das vezes, este tipo de alteração acontece em bebês, pois pode acontecer um atraso ou defeito no fechamento nos músculos das câmaras cardíacas, e alguns exemplos são a comunicação interventricular, defeitos no septo atrioventricular, comunicação interatrial e persistência do canal arterial e a tetralogia de Fallot, por exemplo.
  • Estreitamento das valvas: também chamado de estenose valvar, este estreitamento pode acontecer em qualquer uma das valvas do coração, o que atrapalha o fluxo de sangue e produz um turbilhão. O estreitamento pode acontecer por um defeito congênito na formação em bebês, febre reumática, inflamação devido a infecções, tumor ou por calcificações que surgen nas valvas, devido à idade.
  • Insuficiência das valvas: acontece por defeito nos componentes da valva, que pode ser no músculo, tendões ou no próprio anel, geralmente devido a um defeito congênito ou devido a doenças como febre reumática, dilatação ou hipertrofia do coração na insuficiência cardíaca, ou um tumor ou calcificação que impede o fechamento da valva corretamente. 

O coração tem um total de 4 valvas, chamadas de mitral, tricúspide, aórtica e pulmonar, que devem agir de forma sincronizada para permitir o correto bombeamento de sangue do coração para o corpo.

Assim, o sopro no coração causa risco de vida quando há um comprometimento da capacidade deste órgão de bombear o sangue através de uma ou mais valvas.
Fonte: https://www.tuasaude.com

Nenhum comentário:

Bottom Ad [Post Page]

| Design por Alex Johnny Prado - Adster