Full width home advertisement

Saúde

Biologia

Medicina

Post Page Advertisement [Top]

curiosidades

Bolinhas no Corpo - Principais Causas e o Que Fazer Para Eliminá-las!


"As pequenas bolinhas no corpo, que afetam adultos ou crianças, geralmente não indicam nenhuma doença grave, embora possa ser muito incômodo, e as principais causas desse sintoma são a queratose pilar, espinhas, foliculite e a alergia na pele"

Para identificar a causa, deve-se ter em consideração o local onde surgem e se existem outros sintomas, como coceira ou vermelhidão da pele na região.

O médico mais indicado para saber qual a causa das bolinhas na pele e qual o tratamento adequado é o dermatologista, mas o pediatra também pode avaliar as crianças, e o clínico geral também pode identificar o que está acontecendo, em adultos.

Indicamos aqui as causas mais comuns do surgimento de bolinhas no corpo:

1. Queratose pilar

As bolinhas que resultam de queratose pilar, surgem principalmente na parte lateral e parte de trás dos braços ou no bumbum, devido a produção excessiva de queratina pela pele. Esta alteração é uma característica genética, e por isso não tem cura, mas quando não é devidamente tratada pode inflamar, caso a pessoa fique mexendo com as mãos sujas, e levar ao escurecimento de algumas regiões da pele.

O que fazer: As bolinhas tendem a aparecer com mais frequência no verão, devido ao suor e ao uso de roupas apertadas. Por isso, recomenda-se usar vestuário fresco, que deixe a pele "respirar" e evitar fazer esfoliações, pois elas pode agravar o quadro. É indicado o uso de hidratantes corporais à base de ureia, ácido glicólico ou ácido salicílico para controlar a produção de células mortas e conferir a hidratação necessária.

2. Espinhas ou cravos

As espinhas e cravos têm a aparência de bolinhas avermelhadas e afetam com mais frequência adolescentes e jovens, especialmente no verão e podem até mesmo causar alguma coceira, principalmente quando o corpo está transpirado.

 
O que fazer: É aconselhado lavar bem a região e usar produtos adaptados para peles acneicas, como o Acnase ou o Vitanol A, por exemplo, para controlar a produção de sebo e a oleosidade da pele e evitar que as espinhas se tornem maiores e inflamadas. Em relação aos cravos, deve-se resistir à vontade de espremer, porque esse hábito pode gerar pequenas cicatrizes que depois são difíceis de remover.


3. Foliculite

Os pelos encravados são outra causa comum do surgimento de pequenas bolinhas ou carocinhos nos braços, virilhas, pernas e axilas, que normalmente estão relacionadas a depilação com lâmina, mas também pode acontecer quando se usa roupas muito apertadas, que ficam roçando na pele, dificultando o crescimento do pelo.

 
O que fazer: Deve-se esfoliar a pele com frequência, principalmente antes de fazer a depilação e sempre usar roupas mais largas que não fiquem muito justas ao corpo. Quando existe a suspeita de que o local infeccionou, o médico pode receitar uma pomada antibiótica para aplicar durante 7 a 10 dias.


4. Alergia na pele

A alergia na pele pode causar intensa coceira, que pode levar até mesmo a formação de pequenas crostas ou ferir a pele. A alergia pode ser causada por alguns alimentos, pelos de animais, tecido da roupa, produtos cosméticos diferentes ou algum bichinho que entrou em contato com a pele, por exemplo.

 
O que fazer: O médico pode recomendar um tratamento com um anti-alérgico, como hidroxizina ou cetirizina, por exemplo, e a lavagem da área que foi exposta ao alérgeno, nos casos mais leves. Em casos mais graves é preciso ir a uma urgência, pois pode ser necessário uso de medicamentos injetáveis. Fonte: https://www.tuasaude.com

Nenhum comentário:

Bottom Ad [Post Page]

| Design por Alex Johnny Prado - Adster