Full width home advertisement

Biologia

Saúde

Medicina

Post Page Advertisement [Top]

curiosidades

Os 7 Alimentos Que Mais Causam Danos Ao Cérebro

"Uma alimentação saudável é essencial para o bom funcionamento de todo o nosso organismo"

Por isso, precisamos ter em #mente que é preciso sempre ter em nossa rotina uma #dieta rica em verduras, legumes, frutas e proteínas, dentre outros. No entanto, também é fundamental saber o que evitar para manter-se saudável. Alimentos processados, por exemplo, são muito perigosos para a saúde e determinados órgãos do nosso corpo.

E você sabia que o #cérebro também precisa de uma boa alimentação? Você vai descobrir agora que alguns alimentos podem fazer mal, e vai se surpreender com o que encontramos. Atente-se a essas informações e proteja o seu cérebro!

1. Pipoca de micro-ondas

Se preparada da forma convencional na panela, a pipoca é sim uma opção saudável, inclusive para as crianças, pois é rica em fibras. Porém, o grande problema dos pacotes de micro-ondas são os conservantes, corantes e sabores artificiais utilizados, principalmente o diacetilo, que imita a cor e o sabor da manteiga. O diacetilo afeta diretamente as células do cérebro, portanto mantenha as pipocas de micro-ondas longe da sua família, especialmente as crianças! Por último, esse produto é rico em gordura trans, uma das grandes vilãs da saúde.

2. Muffin comercial

Um estudo realizado em laboratório pela Universidade de Montreal, no Canadá, mostrou que ratos alimentados com os nutrientes contidos em muffins de supermercado eram mais sensíveis a situações de estresse comparados aos ratos submetidos a uma alimentação mais saudável. Esses muffins comerciais são repletos de óleo de soja, alta concentração de xarope de milho, açúcar refinado e, mais uma vez, a grande vilã gordura trans. Juntos, esses elementos causam danos ao bom funcionamento do cérebro, pois enfraquece as células e causa problemas de memória. Além disso, dependendo da marca ou do recheio, um simples muffin pode ter até 400 calorias!

3. Refrigerantes e bebidas dietéticas

O Japão e grande parte dos países da Europa já proibiram o uso do óleo vegetal bromado na fabricação de bebidas e refrigerantes. Trata-se de um composto quimicamente sintetizado a partir de óleo de milho ou soja. Era até então usado na indústria química, especialmente na fabricação de plástico, mas a indústria de bebidas passou a usá-lo em refrigerantes. Esta substância é rica em bromo,  um elemento químico que pode prejudicar a absorção de nutrientes como o iodo, e causar perda de memória e doenças nervosas.

As bebidas dietéticas também têm seus perigos. Um estudo do periódico científico European Review for Medical and Pharmacological Sciences mostrou que o aspartame, um adoçante artificial de baixa caloria usado em produtos dietéticos, também causam problemas de memória além da dificuldade de concentração, principalmente para quem trabalha com escrita e comunicação em público.

4. Molho de soja

Amplamente usado na culinária asiática, especialmente a japonesa, o molho de soja é muito saboroso e combina muito bem com peixes e vegetais grelhados. Mas sabia que uma colher de sopa contém cerca de 40 por cento da quantidade de sal recomendada por dia pela Organização Mundial de Saúde. Segundo um estudo publicado pelo periódico científico Neurology, o uso de muito molho de soja pode causar hipertensão, problemas de memória e cognição, por causa da grande quantidade de sódio. Além disso, o excesso de sódio causa desitratação, que afeta a concentração.

A boa notícia é que existem opções com baixo teor de sal e sódio nos supermercados que podem ser encontrados com facilidade. Peça por este tipo de molho da próxima vez que visitar um restaurante asiático, e não exagere na dose.

5. Tortas congeladas

Um dos grandes vilões de uma dieta saudável é o óleo hidrogenado. Além de causar aumento de peso, também afeta a saúde do cérebro. O periódico científico Neurology mostrou que o alto consumo de gordura trans (que inclui óleos hidrogenados) pode afetar as funções cognitivas e até mesmo diminuir o volume do cérebro no avanço da idade. De todos os alimentos congelados disponíveis no mercado, as tortas congeladas, sejam elas doces ou salgadas, são riquíssimas em óleo.

6. Embutidos e alimentos curados

Bacon, salsicha, salame e presunto curado (como o prosciutto) podem ser deliciosos, mas causam danos ao cérebro. São alimentos riquíssimos em sal e proteínas e, ao consumi-los, o organismo usa uma dose extra de água e líquido para processá-los, deixando-o desidratado. A falta de hidratação do organismo causa uma série de problemas, dentre eles problemas cognitivos.

7. Pizza congelada

Refeições ricas em gordura podem causar fadiga, o que deixa o cérebro mais lento e de difícil assimilação de informações, segundo um estudo do periódico médico Nutrients. Além das tortas congeladas, as pizzas também são ricas em gordura - uma simples fatia pode conter até 40 porcento da quantidade de gordura recomendada pela Organização Mundial de Saúde.
Fonte: eatthis.com

Nenhum comentário:

Bottom Ad [Post Page]

| Design por Alex Johnny Prado - Adster