Full width home advertisement

Curiosidades

Saúde

Psicologia

Post Page Advertisement [Top]

medicina

Mioclonia - A Doença do Movimento

"O termo mioclonia refere-se a espasmos rápidos e repentinos (contrações) em um músculo ou grupo de músculos"

A mioclonia pode afetar apenas uma mão, um grupo de músculos da parte superior do braço ou da perna ou um grupo de músculos da face. Ou também pode envolver vários músculos simultaneamente.

Causas de mioclonia





 

A mioclonia pode ocorrer normalmente, em geral, quando a pessoa está adormecendo. Por exemplo, assim que as pessoas começam a adormecer, elas podem se sobressaltar (como se sofressem um susto), ou os músculos de parte do corpo podem contrair-se.



No entanto, em alguns casos, mioclonias podem resultar de um problema, como os seguintes:

1 - Insuficiência hepática;
2 - Insuficiência renal;
3 - Lesões cerebrais devido a vírus ou parada cardíaca (quando o bombeamento cardíaco se interrompe repentinamente);
4 - Alterações metabólicas (como uma elevação ou diminuição nos níveis de açúcar no sangue ou diminuição nos níveis de cálcio, magnésio ou sódio);
5 - Privação de oxigênio;
6 - Traumatismos cranianos;
7 - Doença de Huntington;
8 - Doença de Alzheimer (ocasionalmente);
9 - Doença de Creutzfeldt-Jakob;
10 - Transtornos convulsivos (como epilepsia mioclônica juvenil.

A mioclonia pode ocorrer após as pessoas tomarem doses elevadas de determinados medicamentos conforme os seguintes:
  • Anti-histamínicos
  • Alguns antidepressivos (como a amitriptilina)
  • Bismuto
  • Levodopa (utilizado para a doença de Parkinson)
  • Opioides (analgésicos narcóticos)

Sintomas de mioclonia

A mioclonia pode ser moderada ou grave. Os músculos podem sofrer espasmos rápidos ou lentos, ritmados ou não. A mioclonia pode ocorrer de vez em quando ou frequentemente. Pode ocorrer espontaneamente ou ser acionada por estímulo, como um ruído, luz ou movimento súbito. Por exemplo, alcançar um objeto ou dar uns passos podem causar espasmos que atrapalhem o movimento. Na doença de Creutzfeldt-Jakob (uma rara doença cerebral degenerativa), a mioclonia se torna mais óbvia quando as pessoas se assustam de repente.

Se a mioclonia for resultante de uma doença metabólica, ela pode persistir e afetar os músculos em todo o corpo, levando, às vezes, a convulsões.

Diagnóstico de mioclonia
  • Avaliação de um médico
  • Exames de sangue e algumas vezes outros testes para identificar a causa
O diagnóstico é estabelecido em função dos sintomas. Os testes são geralmente realizados para identificar a causa:
  • Exames de sangue são geralmente realizados para medir o nível de glicose, cálcio, magnésio ou sódio no sangue. Níveis anormais dessas substâncias podem indicar que a causa é uma doença metabólica.
  • Imagem por ressonância magnética pode ser realizada para verificar anormalidades no cérebro, como aquelas causadas pela doença de Alzheimer.
  • Eletroencefalograqfia pode ser realizada para verificar mioclonia em pessoas com transtornos convulsivos.

Tratamento de mioclonia












  • A correção da causa é possível
  • Medicamentos para aliviar os sintomas

A causa é corrigida, se possível. Por exemplo, o uso de medicamentos que possam causar a mioclonia é interrompido. Níveis altos ou baixos de açúcar no sangue são corrigidos, e insuficiência renal é tratada com hemodiálise. Anticonvulsivantes (como valproato e levetiracetam) são utilizados para controlar mioclonia em pessoas com transtornos convulsivos.

Se a causa não puder ser corrigida, anticonvulsivantes ou clonazepam (um sedativo leve) pode aliviar os sintomas.

O 5-hidroxitriptofano (5-HTP) pode ajudar as pessoas com determinados tipos de mioclonia que não respondem a outros tratamentos.
Fonte: https://www.msdmanuals.com/pt

Nenhum comentário:

Bottom Ad [Post Page]

| Design por Alex Johnny Prado - Adster