Full width home advertisement

Biologia

Medicina

Curiosidades

Post Page Advertisement [Top]

curiosidadesdestaque

8 Doenças Que Têm a Fadiga Como Sintoma Principal

"Se você está sentindo um cansaço constante e já acorda sem ânimo mesmo depois de uma noite bem dormida, então isso pode significar que esteja com fadiga"
 
É muito difícil diagnosticar a causa desse problema, que tem sido estudada e pesquisada por médicos e cientistas há décadas. No entanto, algumas causas já foram descobertas. Portanto, se você está com fadiga e um cansaço incontrolável, veja abaixo 8 doenças que desencadeiam esse problema de saúde. 
 
Fadiga 
 
Sempre que estamos com alguma doença, nosso sistema imunológico usa muita energia para lutar contra ele. Isso faz com que você se sinta cansado, e isso explica por que a fadiga é um sintoma comum de muitas doenças não relacionadas. A fadiga é um conceito bastante complicado. Há muitas maneiras de medi-la, como por exemplo quando a pessoa dorme, ao se exercitar, ou o quão cansada ela se sente à noite. 
 
Devemos analisar se a fadiga pode ser puramente física, emocional ou psicológica. O estresse pode realmente diminuir consideravelmente os níveis de energia. Na sociedade de hoje, as pessoas também sentem a pressão de estar sempre em atividade constante, o que para alguns de nós é um pouco irrealista, pois não somos feitos para trabalhar tanto, como se fôssemos máquinas. 
 
No entanto, em qualquer caso, aqui estão 8 das doenças mais comuns que tem a fadiga como principal sintoma. Com os sintomas que estão associados a cada uma das doenças listadas, você pode ter uma boa chance de descobrir o que está errado com você. 
 
1. Disfunção da tireoide
 
No Brasil, cerca de 300 milhões de pessoas têm problemas na tireoide, e metade não sabe. A tireoide é uma pequena glândula que fica na base do pescoço, e sua função é regular o sistema imunológico e níveis de energia. Uma das doenças comumente associadas a problemas na tireoide, especialmente o hipotireoidismo, é a fadiga.
 
Outros sintomas relacionados a essa doença incluem pele seca, constipação, ganho de peso e sensação de frio constante, mesmo em dias de temperaturas mais quentes. 
 
2. Insuficiência adrenal 
 
 
Esta é a segunda doença que ela procura em casos de pacientes que reclamam de fadiga. A doença surge quando as glândulas suprarrenais, responsável pela produção de certos hormônios, não estão funcionando corretamente. 
 
3. Síndrome da Fadiga Crônica 
 
Esta doença é caracterizada por um tipo de fadiga debilitante, onde praticamente qualquer atividade ou tarefa comum pode ser um grande pesadelo, de dificílima execução. Cerca de um quarto das pessoas com a doença não conseguem nem sair da cama ou de casa. A doença pode ser causada por excesso de inflamações como resultado de muitas atividades, mesmo que leves. Outros sintomas incluem dores pelo corpo e confusão mental. 
 
4. Anemia 
 
A anemia surge quando o sangue tem poucas células saudáveis transportando oxigênio por todo o corpo. A doença pode surgir de diferentes formas, mas todas causam fadiga. Por isso, você pode estar com deficiência de ferro ou vitamina B12, pólipos, ou período menstrual severo. Todos eles têm tratamento. 
 
Além da fadiga, outros sintomas de anemia incluem unhas fracas e quebradiças, palpitações, tontura, dor de cabeça e palidez. 
 
5. Diabetes 
 
Quando a pessoa tem diabetes, o corpo trabalho muito mais, sem interrupções, para balancear os níveis de glucose no sangue. Um dos principais sintomas que podem ajudar a diagnosticar a doença é a fadiga.
 
 Outros sintomas incluem forte sede constante e urinar com frequência. 
 
6. Depressão clínica 
 
Embora a depressão possa ser difícil de diagnosticar, pode-se ter quase certeza de que a doença causa fadiga. Embora muitos profissionais de saúde ainda questionem isso, é fato de que a tristeza constante causada pela depressão faz com que a pessoa não consiga ter energia suficiente para realizar as tarefas habituais. 
 
Além da fadiga, outros sintomas que apontam para problemas psicológicos que podem estar por trás de seu cansaço também incluem uma perda de apetite e problemas de concentração. Alimentar-se bem também é outra forma de evitar essa doença. 
 
7. Endocardite 
 
A endocardite é uma inflamação ou infecção no coração, e surgem quando as bactérias são transportadas pelo sangue e se instalam no revestimento interno do coração. Pacientes com válvulas cardíacas artificiais e aqueles com danos cardíacos estão em maior risco de sofrer da condição. Os tratamentos para a doença incluem a terapia antimicrobiana ou até mesmo cirurgia. 
 
Outros sintomas a serem analisados incluem calafrios e febres. 
 
8. Apneia do sono 
 
Para dormir bem, é preciso ter uma respiração constante. Quando ela é interrompida por pausas respiratórias prolongadas durante a noite, a pessoa acorda e isso pode causar um grande cansaço durante o dia. Esta não é uma condição que possa causar risco de vida, mas certamente afeta a saúde, diminuindo os níveis de energia. Os efeitos podem aumentar se a pessoa tiver outra doença. 
 
Qualquer pessoa que dorme perto de você, pode ser capaz de ajudá-lo a identificar se você tem dificuldade para respirar durante a noite e você também pode ajudar alguém. Veja se a pessoa tem pausa na respiração por até um minuto, e se ela tosse ou ronca para corrigir isso. O ronco alto também é outro sintoma. Fonte: https://www.prevention.com

Nenhum comentário:

Bottom Ad [Post Page]

| Design por Alex Johnny Prado - Adster