Full width home advertisement

Biologia

Saúde

Medicina

Post Page Advertisement [Top]

destaquemedicina

Entenda Os Riscos e Complicações De Extrair o Dente Siso


"Complicações após a extração dente siso (terceiro molar, ciso) podem acontecer. Entretanto, o risco de óbito é extremamente raro"

 

Entenda a importância de consultar um dentista especialista para extrair o dente siso com segurança.

 

Riscos da extração de siso (siso, terceiro molar MOLAR) – Ele realmente pode ser  fatal e levar a óbito?

 

Quando a morte de uma jovem após a extração de dente siso é amplamente noticiada pela mídia, observamos que infelizmente existe um efeito negativo que buscamos combater: trata-se do pânico, do medo e da desinformação exageradas.

 

Portanto temos o objetivo de valorizar a importância da saúde bucal, disseminar informações corretas, afastar o medo e incentivar que paciente cuide e previna problemas com o seu dentista de confiança. Primeiramente, a morte após extração do dente siso (ciso, terceiro molar) é extremamente rara e atípica.

 

Complicações graves após a extração de siso são bastante raras, e quando o profissional segue protocolos rigorosos para garantir a segurança do procedimento, os problemas são restritos a incômodos leves e moderados.

 

Complicações e incômodos comuns após a extração de dente siso: dor leve/moderada, trismo temporário (dificuldade de abrir a boca), edema, alveolite (dor causada pela saída do coágulo sanguíneo da região da extração do dente) e sangramento.

 

Complicações menos comuns como: dor exagerada, parestesia (dormência temporária ou permanente na face), infecções que abrangem espaços fasciais e fraturas ósseas podem acontecer e variam conforme os seguintes fatores: idade do paciente, estado de saúde do paciente, gênero, grau de impactação ou dificuldade de extração, experiência do cirurgião, se o paciente é fumante, qualidade da higiene oral, dentre outros.

 

Riscos que o paciente corre em não extrair um dente siso inflamado

 

É essencial conscientizar o público geral sobre os sérios problemas que podem surgir caso o dente siso esteja inflamado e não seja extraído. A inflamação pode causar dor intensa, inchaço e até mesmo infecções graves que afetam a saúde geral do indivíduo.
 

Por isso, quando o dentista indica a extração do siso, o paciente deve procurar entender os riscos e benefícios para tomar a decisão de forma conjunta com um profissional de sua confiança. Dessa forma o paciente não deixa que um siso mal posicionado e inflamado cause uma infecção silenciosa que evolua para sérias complicações.

 

Alerta: A presença de um dente siso infeccionado pode ser perigoso para a saúde do paciente.

 

Existem diversos estudos que provam que bactérias da cavidade bucal podem alcançar válvulas cardíacas e causar endocardite bacteriana, que é contaminação das estruturas internas do coração, levando à vários riscos para a saúde geral do paciente.

 

Em situações raras, mas possíveis, uma infecção bucal pode levar o paciente ao quadro de infecção generalizada, quadro no qual uma forte infecção danifica vários órgãos do paciente e leva ao risco de morte.

 

Para não gerar pânico, reforço que isso é raro e quando ocorre é mais comum em pacientes com a saúde e/ou a imunidade debilitadas.

 

Como extrair o dente siso com segurança?


Avaliação clínica criteriosa: O dentista deve avaliar a posição, a estrutura óssea e a condição do dente siso por meio de exames de imagem, como radiografias ou até tomografias, se for o caso. Essa avaliação detalhada permitirá identificar e prevenir possíveis complicações antes mesmo de realizar a exodontia do dente siso.

 

Anestesia e Sedação: Para garantir o conforto do paciente durante a extração do ciso, é essencial o uso adequado de anestesia. O dentista deve aplicar a anestesia local de forma cuidadosa e em quantidade suficiente para garantir um procedimento indolor. Além disso, a Santé sempre avalia com o paciente a possibilidade de realizar a sedação consciente com óxido nitroso ou até mesmo a sedação médica em casos mais complexos, ou quando o paciente estiver com muito medo e ansiedade.

 

Protocolos de Assepsia e Esterilização: A segurança durante o procedimento é reforçada pela adesão aos protocolos de assepsia e esterilização. Todo o material e equipamento utilizado devem estar devidamente esterilizados, e a equipe odontológica deve seguir rigorosamente os padrões de higiene para prevenir infecções.

 

Técnicas Cirúrgicas Precisas: A extração do dente siso é realizada por um dentista especialista na área de cirurgia oral. Isso porque o especialista utiliza técnicas adequadas para a remoção do dente, levando em conta a posição do siso e a anatomia do paciente. A destreza durante o procedimento minimiza os riscos de danos a estruturas adjacentes e aumenta a eficiência e a segurança da extração.

 

Cuidados Pré/Pós-Operatórios e Acompanhamento: Antes e após a extração do dente siso, é fundamental fornecer orientações claras e detalhadas ao paciente. Isso inclui informações sobre a higiene bucal, uso de medicamentos prescritos e restrições alimentares temporárias.

 

Além disso, é importante agendar consultas de acompanhamento para avaliar a cicatrização e a recuperação do paciente. O acompanhamento adequado pode identificar eventuais complicações precocemente e garantir uma recuperação tranquila. Todo cuidado ainda é pouco! Além dos cuidados acima, a Santé realiza exames de sangue antes das extrações de siso e em caso de qualquer alteração uma avaliação médica pode ser solicitada.

 

É muito comum detectar alterações em pacientes diabéticos e hipertensos. A partir daí indica-se que o paciente regularize a sua saúde com o seu médico antes da extração do siso ou cirurgias de implantes dentários. Por isso é importante que o paciente não deixe um quadro inicial evoluir e dificulte a extração do dente siso de forma rápida e segura.

 

A relação de confiança ocm o dentista é essencial para extrair o dente siso

 

Geralmente, as clínica odontológicas contam com profissionais capacitados para realizar a extração de dente siso de forma segura e eficaz, seguindo protocolos pré-estabelecidos. Além disso, é importante ressaltar que a maioria dos procedimentos ocorre sem problemas, proporcionando alívio e bem-estar aos pacientes.

 

Isso porque a remoção do siso visa remover um dente que pode levar ou já está levando infecção bacteriana para o organismo do paciente. Lamenta-se profundamente a morte da jovem após a extração do dente siso, porém um indecente raro não deve causar medo e impedir que o paciente cuide da sua saúde bucal.

 

Orienta-se aos pacientes a procurar uma boa indicação para realizar uma confiante avaliação clínica e garantir uma extração segura, caso ela realmente seja necessária. costuma-se valorizar a importância da saúde bucal e preza por informações corretas, afastando o medo e incentivando a prevenção. Os dentistas têm que conservar valores e princípios muito bem definidos, que é de levar saúde bucal de forma ética para todos os pacientes. (Fonte: https://clinicaodontologicasante.com.br)

Nenhum comentário:

Bottom Ad [Post Page]

| Design por Alex Johnny Prado - Adster