Full width home advertisement

Saúde

Biologia

Medicina

Post Page Advertisement [Top]

psicologia

7 Manias Excêntricas Que Podem Significar Doenças Mentais

"Talvez você não conheça suficientemente seus colegas de trabalho, seus companheiros de academia ou até mesmo aquele pessoa nova com quem você está saindo"

Contudo, aposto que já notou alguns de seus hábitos. Mesmo quando não existe intimidade suficiente, muitas pessoas possuem costumes tão enraizados em suas personalidades, que seria impossível não notá-los. Algumas delas possuem hábitos tão estranhos que só existem duas opções: ou nos preocupamos com elas e, no fundo, até achamos fofo ou nos afastamos imediatamente da pessoa. Tudo vai depender do nível de suas ações e dos nossos sentimentos por ela.

Quantas pessoas que passam pela nossa vida lavam a mão 100 vezes por dia, trancam a porta 50 vezes antes de dormir ou coletam o lixo e limpam o ambiente ao redor compulsivamente? Talvez essa pessoa seja até você - ou eu. Mas tais hábitos precisam ser levados mais a sério, pois podem significar distúrbios psicológicos sérios que requerem tratamento. Mas, como diferenciar uma pessoa que só possui costumes e hábitos bizarros de alguém com problemas psicológicos? Vem com a gente que iremos lhe mostrar 7 hábitos estranhos que, na verdade, podem ser doenças mentais.
 

1 - Péssima memória facial ou cegueira facial?

Durante nossa existência, muitas pessoas passam pela nossa vida. Isso torna inviável que lembremo-nos do rosto de todas elas. É normal esquecermos muitos rostos com o tempo, principalmente quando a terceira idade vai chegando. Mas o esquecimento é diferente da cegueira facial. Também conhecida como Prosopagnosia, a doença não só faz a pessoa esquecer o rosto de conhecidos, como também não conseguir reconhecê-los de forma alguma. A maioria das pessoas que possui essa doença desenvolve técnicas para se lembrar de alguns rostos, como memorizar penteados, acessórios ou até mesmo a voz. Uma vez que algum desses parâmetros seja alterado, o cego facial não irá reconhecer.

Quer saber se você possui a doença? Se você descreve pessoas com a ajuda de adjetivos referenciais a alguma característica da pessoa ou até características faciais (por exemplo, "uma mulher de óculos"), se você evita nomes ao se comunicar com pessoas ou, quem sabe, se confunde heróis de filmes, então é possível que você sofra de cegueira facial.
 

2 - Chorão ou hipocondríaco

É comum conhecermos muitas pessoas choronas, porém, não conhecemos muito de suas intenções. Na maioria das vezes, elas fazem isso para chamar atenção, e se tornarem o centro de alguma coisa. Em muitos casos, pessoas choronas são manipuladoras de emoções alheias. Mas muitas vezes, essa pessoa chorona que você conhece pode ser na verdade uma hipocondríaca. Uma pessoa hipocondríaca pode até saber que não tem uma doença conscientemente, mas, inconscientemente ela nunca está em paz. Isso a torna emocionalmente muito instável e, consequentemente, chorona.

Para identificar a diferença entre um chorão e um hipocondríaco, simplesmente mande-o ir ao médico. Se ele disser não, é só um chorão mesmo, mas se for um hipocondríaco, ele realmente irá no mesmo momento. Outra característica de um hipocondríaco é que ele normalmente se autodiagnostica.
 

3 - Limpeza ou TOC?

Se você já assistiu Friends, sabe que a Monica é uma das personagens mais viciadas em limpeza da TV. Aposto que você também tem amigos assim. Eles sempre pensam que ninguém pode limpar a casa melhor do que eles e ficam muito nervosos com quem espalha objetos pela casa toda. Já o TOC, ou Transtorno Objetivo Compulsivo, é o ato de fazer qualquer ação de maneira repetitiva e compulsiva. O perigo está no fato de que uma pessoa com TOC faz ações repetitivas para se livrar de pensamentos compulsivos e estranhos. Por isso que limpar a casa (ou qualquer coisa) compulsivamente, pode sim ser TOC.

A linha que divide TOC e limpeza é muito tênue. A intensidade da ações de limpeza podem dar algum sinal, ainda assim, é muito difícil definir.
 

4 - Cuidado Excessivo ou Síndrome de Munchausen

Mães e pais, algumas vezes, desenvolvem cuidados excessivos. Um exemplo é o alto número de exames médicos pelos quais eles expõe seus filhos, mesmo sem sinais de algum problema ou doença. O que os pais esquecem é que todo esse cuidado pode ser prejudicial, causando baixa confiança, bem como falta de habilidades úteis para a vida. Mas alguns pais ultrapassam o cuidado excessivo e podem ter #Síndrome de Munchausen. Mais comum em mães, o transtorno faz com que pais causem sintomas e até doenças em filhos, a fim de poder cuidar deles e estar no controle.

Essa é outra doença muito difícil de detectar, uma vez que as mães não admitem que causaram artificialmente os sintomas de uma doença em seus filhos. Os filhos dessas mães são muitas vezes hospitalizados com várias doenças, cujas causas não podem ser descobertas porque os sintomas que uma mãe explica e os resultados dos testes não correspondem.
 

5 - Nojo ou Paruresis?

Muitas pessoas não vão, de maneira alguma, em banheiros. Elas possuem tanto medo de pegar alguma doença na rua, que preferem segurar a vontade de ir ao banheiro. Mas algumas vezes não é só nojo, e sim, Paruresis. A doença é o medo de usar banheiros públicos. Nela, muitas pessoas têm espasmos urinários se outra pessoa entra no banheiro, travando o processo urinário, e por isso não os frequentam. O transtorno vem da dificuldade de socialização e acontece com mais frequência em pessoas mais jovens.

Paruresis se difere de timidez pelo simples fato de uma tendência a progredir. Na fase inicial, os pacientes acham difícil usar o banheiro público na presença de outras pessoas e no último estágio, eles começam a sentir dificuldades mesmo em casa. Esta fobia é bastante difundida e cerca de 220 milhões de pessoas em todo o mundo enfrentam dificuldades semelhantes.
 

6 - Vida saudável ou Ortorexia?

Existem pessoas, que mesmo sem nenhuma doença que altere suas alimentações, conhecem o valor calórico e nutritivo de tudo, controlando suas alimentações. Sempre em uma dieta,e por isso, elas estão sempre abaixo da peso. Mas existe uma linha tênue em uma pessoa com essas características normais, e uma que possui ortorexia. O transtorno alimentar é o desejo maníaco de uma pessoa por alimentos saudáveis. Pessoas que possuem essa doença, passam quase todo o seu tempo livre procurando uma dieta perfeita.
 

7 - Mau humor ou depressão

A tristeza é um sentimento comum. Muitas pessoas podem, neste instante, estar sentindo tristeza, solidão e falta de confiança. Mas é preciso ficar esperto. Reações de tristeza e mau humor, que se revelam como uma raiva instantânea, normalmente são causadas por algum vetor. É basicamente uma consequência, e passa com certa rapidez. Já a depressão é uma tristeza que pode ser expressada através de ações raivosas, que não passam e impedem uma pessoa de obter prazer com qualquer coisa da vida. Pessoas com depressão costumam se isolar de outras e também demonstram desânimo constante. Além disso, elas tendem a se concentrar só em aspectos negativos da vida.  Fonte: brightside.me

Nenhum comentário:

Bottom Ad [Post Page]

| Design por Alex Johnny Prado - Adster