Full width home advertisement

Saúde

Biologia

Medicina

Post Page Advertisement [Top]

biologia

Faringite Viral ou Bacteriana - Dor de Garganta e Febre

"Você acordou com a garganta doendo, febre e um mal-estar no corpo todo que acabou com o seu humor e te deixou de cama?"

É muito provável que você esteja com um quadro de faringite, a principal causa dessa dor chata que afeta a garganta.
 
A faringite nada mais é do que a infecção da faringe, um órgão importantíssimo que conecta a boca e o nariz à laringe e ao esôfago. Ou seja, ela faz parte de dois sistemas do corpo, digestivo e respiratório, por isso sua inflamação incomoda tanto. 
 
A condição pode ser causada por um vírus – que representa a maior parte dos casos – ou bactérias, sendo a bactéria Streptococcus pyogenes a mais frequente, por isso é comumente chamada de faringite estreptocócica. 


Como diferenciar?

É verdade que os sintomas clássicos são iguais, assim como, em ambas, as amígdalas podem ficar congestionadas, inchadas e com presença de pus. Fora isso, os dois tipos da doença possuem algumas características próprias. 

Nos casos em que a infecção é viral, há outros sintomas esperados, como a rouquidão, tosse, coriza, conjuntivite e diarreia. O diagnóstico é mais fácil de ser realizado e o tratamento geralmente envolve anti-inflamatórios. 

Já no caso de faringite estreptocócica, que é mais comum em crianças a partir dos cinco anos até adolescentes de quinze anos, os sintomas costumam variar na intensidade, sendo mais fortes que os das infecções virais logo no início. 

A dor abdominal, náuseas e vômitos são outras manifestações frequentes e, em alguns casos, pode haver erupção cutânea, caracterizada por uma vermelhidão na pele. Um exame laboratorial confirma a faringite bacteriana e, como muitas vezes ela se apresenta de forma aguda, pode precisar de tratamento com antibióticos.

O que mais fica evidente na distinção das duas é que, enquanto na faringite viral, dores abdominais, náuseas e vômitos também podem se manifestar, apesar de serem sintomas mais habituais quando a doença acomete crianças, na faringite bacteriana não se espera quadros de rouquidão, tosse, conjuntivite e diarreia. Logo, são esses sinais que mais ajudam no diagnóstico.
Fonte: blog.drconsulta.com

2 comentários:

Pedro disse...

Ótimas informações, obrigado!

Saúde & Conhecimento disse...

Obrigado, amigo. Continue visitando nossa página. Temos interessantes matérias sobre saúde.

Bottom Ad [Post Page]

| Design por Alex Johnny Prado - Adster